fbpx

Rótulos de produtos alimentícios: quais são as obrigatoriedades

Você sabia que grande parte dos consumidores brasileiros estão atentos às informações apresentadas nos rótulos de produtos alimentícios? O cenário foi apresentado em um levantamento realizado pela Tate & Lyle, fornecedora global de ingredientes para alimentos e bebidas.

Segundo a pesquisa, mais de 85% dos brasileiros leem os rótulos de informações nutricionais dos produtos. Essa mudança no comportamento do consumidor se deve em grande parte à busca por um estilo de vida mais saudável e uma dieta com menos calorias.

Neste contexto, os rótulos de produtos alimentícios se tornam ainda mais importantes para a escolha do produto no ponto de venda e o aumento do faturamento da empresa.

Se você quer entender mais sobre as obrigatoriedades dos rótulos dos produtos e como elaborá-los de maneira correta, continue acompanhando o artigo de hoje.

Os rótulos de produtos alimentícios

Por representar o primeiro contato físico do cliente com o produto, a embalagem deve conter um rótulo bem elaborado, que se destaque nas prateleiras e chame a atenção dos consumidores.

Afinal, em meio a um setor tão concorrido como o ramo alimentício, o rótulo dos produtos se torna o grande responsável por convencer o consumidor a levar determinada marca ao invés das dezenas de outras opções disponíveis.

Nesse sentido, é fundamental para as empresas compreenderem que os rótulos e embalagens são tão importantes quanto a qualidade e o sabor de seus produtos.

Portanto, para garantir que as mercadorias ganhem destaque nas prateleiras dos supermercados, vale investir em rótulos com um design inovador e que contenham aplicação de cores, texturas ou brilho.

Investir em um rótulo de produto bem elaborado e com materiais de qualidade pode se tornar um diferencial no ponto de venda, fazendo com que o cliente decida pela sua marca no momento da compra.

As empresas devem se preocupar com as informações disponibilizadas nas embalagens de seus produtos, uma vez que os rótulos devem apresentar a composição do alimento e os dados nutricionais de maneira transparente e verdadeira.

Quais informações devem constar no rótulo?

Para garantir que os consumidores tenham acesso às informações referentes à composição dos produtos alimentícios, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu as informações que devem constar nos rótulos e embalagens.

Confira quais itens são obrigatórios nos rótulos de produtos alimentícios:

  • Descrição do nome
    É fundamental descrever o nome do alimento no rótulo para evitar que o consumidor confunda o produto com outras variedades, como laticínios, carnes, ovos, etc. A descrição do nome do alimento deve ser clara e estar em um local visível da embalagem.
  • Prazo de validade
    O prazo de validade é uma das primeiras informações que os consumidores procuram nos rótulos de produtos alimentícios. Afinal, ela é essencial para definir se o alimento está ou não apto para consumo. De acordo com a legislação, produtos com prazo de validade menor que três meses devem informar no rótulo o dia, o mês e o ano do vencimento. Já produtos com validade superior a três meses precisam informar apenas o mês e o ano do vencimento.
  • Origem do produto e lote
    O rótulo deve informar quem é o fabricante do produto, o endereço de fabricação do alimento e as informações da empresa, como CNPJ, telefones, contatos do SAC e endereço eletrônico. Além disso, o rótulo também deve apresentar o número do lote para identificação posterior caso o consumidor tenha algum problema com o produto.
  • Lista de ingredientes
    Outra informação bastante procurada nos rótulos dos produtos é a lista de ingredientes. Afinal, muitas pessoas possuem restrições alimentares e precisam estar atentas à composição dos alimentos. A lista de ingredientes deve ser informada em ordem decrescente, de maneira que o ingrediente em maior quantidade seja o primeiro listado e o de menor quantidade seja o último. Alimentos compostos por um único ingrediente, como leite, farinha, açúcar, café e vinagre não precisam informar a lista de ingredientes na embalagem.
  • Informação nutricional
    A tabela nutricional reúne informações como porção, valor energético, valores diários e quantidade de carboidratos, proteínas, gorduras, sódio, vitaminas, etc. A leitura e interpretação da tabela nutricional costuma gerar muitas dúvidas nos consumidores, por isso, é essencial que o seu produto apresente uma tabela bem elaborada e de fácil entendimento. Recomenda-se contar com o auxílio de um nutricionista para elaborar a tabela nutricional dos produtos alimentícios.
  • Conteúdo líquido
    De acordo com a lei, o rótulo deve informar a quantidade do alimento presente na embalagem em unidade de massa (gramas ou quilos) ou volume (mililitros ou litros). Em algumas situações, o peso da embalagem também deve ser expresso no rótulo do produto.

Adequar os rótulos de produtos às exigências da Anvisa, além de evitar que a empresa seja multada e enfrente problemas fiscais, transmite maior confiança ao consumidor.

Para conquistar melhores resultados de venda através dos rótulos dos produtos, conte com um parceiro referência em comunicação visual e rótulos personalizados.

O Grupo CB possui uma estrutura fabril completa para atender pequenas, médias e grandes tiragens com máxima agilidade e alta qualidade.

Nossos rótulos são ideais para qualquer tipo de embalagem e oferecem resistência à umidade, água e produtos químicos, elementos que podem entrar em contato com os produtos alimentícios durante os processos de conservação e transporte.

Quer desenvolver rótulos de alta qualidade e totalmente alinhados à identidade da sua empresa? Então entre em contato com nossa equipe de especialistas e faça um orçamento.